É assim que se faz uma canção... - Música

É assim que se faz uma canção: Arctic Monkeys – R U Mine?

Fazia um tempinho que eu não postava esta coluna porque ainda não tinha surgido A MÚSICA e A INSPIRAÇÃO para falar de alguma delas com vocês. Mas, ultimamente eu tenho ouvido uma que eu gostei muito, me viciou um pouco e eu não podia não falar aqui.

É de uma banda britânica com um estilo mais voltado pro indie rock, com uma levadinha de post punk e que não é exatamente do estilo que eu mais gosto, mas rock é sempre mais do que bem vindo.

R U Mine?
arctic-monkeys
Arctic Monkeys foi criado em 2002 na Inglaterra por Alex Turner e Jamie Cook. O nome do grupo vem de uma banda que o pai do baterista Matt Helders fazia parte em sua juventude.
Foi uma das bandas que ganhou bastante fama na internet embora eles mesmos não tenham feito isto. Em 2003 gravaram algumas demos e distribuíam ao público. Logo as músicas foram para a internet e até um perfil do MySpace foi criada pelos fãs para eles.
Em 2005 a banda lançou a sua primeira EP chamada Five Minutes with Arctic Monkeys e em outubro do mesmo lançaram o compacto I Bet You Look Good on the Dancefloor que vendeu bem na Inglaterra e lançou a banda para o início de um grande sucesso.
O primeiro álbum Whatever People Say I Am, That’s What I’m Not veio em 2006 e dai em diante, só conquistas e mais sucesso na Europa e no mundo.
Conheci a a banda por volta de 2009, quando vi um dos primeiros clipes em um canal da TV paga e achei bastante legal. A voz de Alex é bem diferente das demais bandas britânicas que eu estava acostumada como OasisBlur e Coldplay.
Arctic+Monkeys
E logo de cara também percebi a beleza ou a falta dela nos integrantes já rotulando como ‘típico ingleses’ = feios. Preconceito da minha parte. rsrs
Embora eu sempre achasse o som muito bom, nunca parei de fato para ouvir e mesmo com a vinda da banda no ano passado ao Lollapallooza Brasil eu não empolguei em ouvir os álbuns recentes e muito menos ir ao show. Apenas acompanhei algumas coisas pela TV e algumas notícias via sites de música na web.
A primeira mudança notável foi dos integrantes e agora estavam muito mais ‘bonitos’, bem cuidados e mais velhos, diferente da primeira vez que os vi, espinhentos e extremamente adolescentes.
A música que comento hoje foi lançada no ano passado, precisamente em fevereiro e em formato de single, e não álbum de estúdio. Eu só a conheci este ano com a volta da Rádio Rock que investiu bem nessas músicas mais ‘recentes’ e que não tiveram espaço na mídia brasileira. Nem na MTV eu vi mais os clipes da banda.
Enfim, estou viciada nessa música.
2012ArcticMonkeys
A evolução da banda é notável, pois o que já era muito bacana ficou ainda melhor. O estilo de tocar, a experiência adquirida, a aparência madura desses ingleses, a voz de Alex. Não teve nada no Arctic que não tenha evoluído.
R U Mine? tem uma levada bem indie e um ótimo toque punk, embora eu não curta punk, ficou perfeito. Adoro as pausas da melodia e o foco na voz do vocalista, aquele inglês gostoso de ouvir, meio falado e que ao mesmo tempo deixa quem ouve, empolgado.
A letra não é uma poesia, mas é muito bacana e cantada fica ainda melhor.  So…. R U Mine?
“I guess what I’m trying to say is I need the deep end     Acho que quero dizer que preciso me envolver profundamente
Keep imagining meeting, wished away entire lifetimes         Continuar imaginando encontros, vidas inteiras desejadas                                                                
Unfair we’re not somewhere                                      É injusto não estarmos em algum lugar
Misbehaving for days                                               Comportando-nos mal há dias
Great escape, lost track of time and space                  Grande fuga, perdi noção do tempo e do espaço
She’s a silver lining, climbing on my desire                   Ela é uma luz do fim do túnel, escalando o meu desejo
And I go crazy cause here isn’t where I wanna be        Enlouqueço, porque não é aqui que quero ficar
And satisfaction feels like a distant memory                 E a satisfação parece uma lembrança distante
And I can’t help myself                                            Não consigo me conter

All I wanna hear her say is “Are you mine?”                 Só quero ouvir ela dizendo “Você é meu?”

Well, are you mine?                                                Bem, você é minha?
Are you mine tomorrow?                                         Você é minha amanhã?
Are you mine? Or just mine tonight?                          Você é minha? Ou minha só por esta noite?
Are you mine? Are you mine?                                   Você é minha? Você é minha? 
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s