É assim que se faz uma canção... - Música · Coisas de Mim

É assim que se faz uma canção: Tears of the Dragon.

Não só em homenagem aos 55 anos de um homem que admiro muito. Não só por ele ter uma voz muito boa. Não só por ele ser vocalista de uma das maiores bandas do mundo. Não só por ele ter mil profissões, dentre elas piloto de boing. Mas, além de tudo isso, por ele ser um grande cantor e compositor e ter provado que ele não precisa do Maiden pra continuar a fazer sucesso.

Tears of the Dragon

Bruce+Dickinson+Bruce_bw3a

Paul Bruce Dickinson nasceu na Inglaterra em 7 de agosto de 1958. Sua carreira musical começou em 1976, quando cantava em pequenas bandas do colégio e faculdade. Sua primeira banda se chamava Styx, a segunda Speed e a terceira Shots. Em 1979 ele entrou na Samson, onde ganhou um pouco mais de popularidade, usando o nome Bruce Bruce.
Em 1981 ele saiu do Samson para entrar naquela que seria uma das maiores bandas de heavy metal do mundo, o Iron Maiden. Bruce entrou substituindo Paul Di’Anno e estreou em grande estilo, na gravação do álbum The Number of the Beast.
Foi grandes anos no Maiden e o sucesso foi eminente. Foram praticamente 10 discos lançados nesse tempo tais728c657c443a0323 como Powerslave, Somewhere in Time, Seventh Son of a Seventh Son, Fear of the Dark.
Em 1993 saiu do Iron Maiden, para seguir carreira solo.  Foram mais de 10 álbuns lançados sendo 7 fora de sua banda de sucesso. Foi uma carreira muito sólida. Enquanto Bruce ganhava mais fãs a medida dos anos, o Iron Maiden teve que substituir seu vocalista e foi decaindo muito com o tempo.
Em 1999, Bruce voltou ao Iron e em 2000 os fãs foram presenteados com o disco Brave New World, que foi a volta triunfal da banda para o sucesso. Desde então foram mais 12 álbuns entre inéditos e coletâneas.
Bruce é cantor, compositor, piloto, historiador, esgrimista, locutor de rádio, autor, roteirista e inicialmente, diretor de marketing. Em 2011 ele foi presenteado com um honorário doutorado de música pela universidade Queen Mary College, de Londres, em honra a sua contribuição a indústria musical. 
Bruce Dickinson é o sétimo melhor vocalista de heavy metal do mundo.
Conheci Iron Maiden desde que me conheço por gente. Não que eu conhecesse a fundo, mas quem nunca tivera ouvido falar desta banda? Quando comecei a ouvir rock de verdade, lá pelos meus 11 anos de idade, eu comecei a ouvir algumas coisas do Iron, mas ainda sim não estava tão aprofundada nas músicas deles. Foi com influência do meu noivo, que AMA Iron Maiden, que eu comecei a ouvir mais. Interessar-me mais. Novamente o Rodolpho me influenciou muito bem musicalmente.
Baixei alguns cds e fui descobrindo o quanto aquela banda era incrível, o quanto suas letras eram diferentes e tocantes e o quanto aquele vocalista deixava as pessoas felizes e emocionadas ao cantar.
Mas o que me fez apaixonar pelo Iron, foi o show de março de 2011 no Morumbi. Foi um dos melhores shows da minha vida e embora eles não tenham cantado a minha música favorita (Ghost of the Navigator) todo o resto valeu mais que a pena. Tanto que as vezes me emociono ao ver alguns vídeos do show, o quanto os fãs AMAM essa banda, não importa os anos que passem. Fãs novos, velhos, bem velhos, o amor é ainda muito forte.
Mas, hoje a música que vos apresento, não é do Maiden e sim, puramente de seu vocalista. Um dos maiores sucessos de Bruce.
img_2_prTears of the Dragon é a música de número 10 do álbum Balls to Picasso que teve a banda Tribe of Gypsies como banda de apoio na gravação. Foi lançado em junho de 1994 e é o segundo disco solo do vocalista. Embora seja um dos álbuns mais pesados, tem uma grande veia hard rock.
Não me lembro de quando ouvi a música, mas acredito que tenha sido em um dos meus downloads do Iron . É uma das músicas mais famosas de Bruce e que marcou muito essa nova fase de sua vida, agora mais velho, mas ainda com os longos cabelos, o que foi se perdendo com o tempo, sendo ele, hoje, o único membro do Iron que tem cabelos curtos.
A música tem uma letra bastante forte e bonita. É como se fosse uma história antiga contada em forma de música, cheia de sentimento, marcante. Tem uma levada um pouco mais leve, mas ainda sim não deixa de ter as marcantes características do heavy metal. Seu solo é muito bonito e os dedilhados no início e fim são incríveis.
As mudanças de entonação da voz de Bruce são lindas. Cantada de forma baixa, calma até a explosão de seu refrão, bastante alto, porém não gritado.
O clipe dá uma ideia ainda maior de tudo que o vocalista gostaria de transmitir, toda a emoção em cada palavra posta pra fora em melodia. Fantasioso, medieval. E eu acho que ele está a cara do André Matos (Viper, Angra, Shaman). rs
Enfim, fica aqui a dica de uma ótima música. Não só esta, mas diversas outras de Bruce ou mesmo do Iron Maiden que vale muito a pena vocês ouvirem. E esta é uma singela homenagem a este homem de múltiplas profissões e múltiplos talentos. Ser o vocalista de uma das maiores bandas do mundo é só mais um atribuído a este grande homem. Feliz Aniversário Bruce! 😀
Where I was, I had wings that couldn’t fly
(Onde eu estava, eu tinha asas que não conseguiam voar)
Where I was, I had tears I couldn’t cry
(Onde eu estava, eu tinha lágrimas que não podiam chorar)
My emotions, frozen in an iced lake
(Minhas emoções congeladas num lago de gelo)
I couldn’t feel them until the ice began to break
(Eu não conseguia sentí-las, até que o gelo começou a quebrar)
I have no power over this, you know I’m afraid
(Eu não tenho poder sobre isso, você sabe que tenho medo)
The walls I built are crumbling, the water is moving,
(As paredes que construí estão rachando, a água está se movendo,)
I’m slipping away.
(Estou sendo levado.)
I throw myself into the sea
(Me jogo para dentro do mar)
Release the wave, let it wash over me
(Libero a onda, deixo ela me lavar)
To face the fear I once believed
(Para encarar o medo, certa vez acreditei)
The tears of the dragon for you and for me.
(Que as lágrimas do dragão eram para mim e para você.)
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s