Minha Sutil Opinião - Livros.

Minha Sutil Opinião: O Estranho Mundo de Jane True – Garota Tempestade.

Mais um livro por cortesia da querida editora parceira ValentinaDesde já agradeço muito a eles pela compreensão, rapidez e toda a boa vontade que tem com nós, blogueiros. Sempre simpáticos, mandam os livros rapidinho. To até abusando um pouquinho por conta disso. rs

Garota Tempestade

capa-Garota-tempestade-final-450x655Autora: Nicole Peeler
Editora: Editora Valentina
Categoria: Literatura Estrangeira / Romance / Sobrenatural / Urban Fantasy
Desde pequena, Jane True, 26 anos, moradora da pequena e conservadora cidade chamada Rockabill, sabia que aquele não era o seu ‘mundo’. Durante um de seus nados noturnos, ela se vê diante de uma descoberta totalmente chocante, que mudaria sua vida para sempre: ela era uma mestiça, somente meio humana.
Agora Jane verá que todo o seu passado tem uma explicação, principalmente sobre a origem de sua mãe, que sumira ainda quando ela era pequena. Um mundo bastante complexo cheio de criaturas que até então só existiam nos livros.
Não bastando todo o choque dessas grandes notícias, assassinatos de mestiços estão ocorrendo, principalmente em sua pequena cidade. Quem estará pro trás de tudo isso? E será que Jane está também na lista do assassino?
Primeiramente dizer que graças a estes livros da Valentina, estou aprendendo novos tipos de histórias. Alma? foi meu primeiro livro steampunk e agora, Garota Tempestade é um dos meus primeiros livros Urban Fantasy.
“Fantasia Urbana é um gênero da Literatura Fantástica, onde o elemento essencial para caracterizá-lo é a presença do fantástico em uma cidade. Os contos podem ser de Fantasia, Horror, Terror, Ficção Científica ou Policial (deste que tenha a presença do fantástico). O gênero nasceu da narrativa policial, onde o resultado da investigação levava a algo sobrenatural, como o criminoso ser um demônio, por exemplo, ou ocorria em uma ambientação sobrenatural. Aos poucos o gênero foi se livrando das amarras estilísticas e ampliando sua abrangência.” (Saleta de Leitura).
Um exemplo de livros deste tipo é a série Twilight, Vampire Diaries. Eu já li as duas séries e as características deste tipo de história estão bem presente em ambas.
Falando agora do livro, pela capa, julguei que era algo voltado para o infantil. Nunca imaginei que um livro desenhado desta forma tinha tanta sensualidade. Sério.
Jane True é uma jovem bonita, mas bonita de forma simples. Ela ainda usa calça jeans, camiseta e tênis All Star.  Ela cuida do pai desde que a mãe fora embora de sua vida, que ela leva de forma calma, bastante comum. Trabalha na livraria da cidade e o que empolga sua vida é nadar nua no mar. Não existe nada melhor. Jane se sente livre e revigorada quando entra em contato com o mar.
Mas, tudo muda quando ela descobre que é uma mestiça, meio humana. Seu mundo vira de pernas por ar e não somente por isso, mas quando um mestiço é assassinado em sua cidade.
Com o caso, um investigador do mundo sobrenatural vai a Rockabill para desvendar tal mistério. Ryu é um dos homens mais lindos e incríveis que Jane já vira e justamente ela, teria que ajuda-lo nesse crime. Mal sabia que estaria tão envolvida nesse novo e complexo mundo. 
Como disse mais acima, eu acreditara que era uma história infantil, mas de infantil não tem nadinha. Jane, pra mim é a típica principal que é ‘comum’, mas aos olhos dos demais é bastante linda e incrível.
Devido a alguns problemas de seu passado, que vamos descobrindo ao decorrer da história, ela é um tanto reservada e carrega uma aparente tristeza no olhar e em algumas atitudes. O que me surpreendeu é que por trás dessa aparência, ela é bastante intensa no quesito desejos.
Quando ela vê o incrível Ryu, que é vampiro, entrar na livraria, ela fica totalmente impressionada e pensa algumas coisasauthor_photo_0108-256x300 que me deixaram chocada e até com vergonha. Quando a autora afirma que havia muita coisa sexy nesse livro, eu duvidei, mas ela estava certa. rsrs
Uma coisa que não me agradou muito era ler os embates internos dela. Quando ela discutia com ela mesma em pensamento sendo que parecia que eram duas personalidades. Lembra-me da Deusa Interior da Anastásia de 50 Tons de Cinza, que já era pra lá de irritante isso. Outro adendo é que as coisas aconteciam rápido demais, a história fluía muito rapidamente. Como é uma série, acho que a autora poderia ter ido mais devagar.
A história é bem intensa assim como a relação dela com Ryu. Tudo é realmente bem descrito, até nos momentos mais ‘quentes’ e com frequência. O universo criado pela autora também é bastante interessante.
Ao todo é um livro bacana, tem uma história com elementos até que originais e os personagens são bons, alguns bastante divertidos como a dona da livraria. Ao todo valeu a pena ter conhecido. Vamos esperar os próximos volumes. J
Anúncios

Um comentário em “Minha Sutil Opinião: O Estranho Mundo de Jane True – Garota Tempestade.

  1. Eu concordo com você que algumas coisas acontecem muito rápido, mas um livro desse não tinha como ser muito longo, sabe. Eu gostei das conversas dela com ela mesma, achei divertido e mostrava a verdadeira Jane, além daquela que todos os outros viam. Então, sim, são duas personalidades, de certa forma. 🙂

    Beijo!

    Raquel
    http://www.pipocamusical.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s