Minha Sutil Opinião - Livros.

Minha Sutil Opinião: Série Divergente – Divergente.

Primeiro livro da série que já é muito sucesso no mundo e também um pouco no Brasil. Com filme praticamente pronto e para estrear em abril, fui conferir essa nova sensação literária.

Divergente

tumblr_mcfesi2ZmS1qi3o9ho1_400Autora: Veronica Roth

Editora: Rocco

Categoria: Literatura Estrangeira / Juvenil / Futurístico / Romance

Em um mundo futurista, neste caso, uma nova Chicago a sociedade foi toda dividida em facções: Amizade, Audácia, Sinceridade, Erudição e Abnegação. Para aqueles que não pertencem a nenhuma facção, resta apenas ser invisível, não notado e mendigar por comida, mendigar por uma condição aceitável de vida.

Aos 16 anos, todos os jovens passam por um teste de aptidão e logo depois há uma reunião onde eles poderão escolher em que grupo quer estar, caso escolham um diferente dos membros de sua família, terá que deixar seu lar e se dedicar a sua nova facção.

Beatrice é uma desses jovens e ao fazer o teste de aptidão é apresentado um resultado inconclusivo, ou seja, ela não tem uma aptidão específica para uma facção, ela pode se encaixar em mais de uma, ela é uma divergente.
A jovem então terá que decidir entre sua família ou aceitar quem ela realmente é. Ao fazer escolhas que surpreenderão a todos, perceberá que talvez tudo que fez foi realmente a melhor decisão. Coisas boas virão, mas outros grandes desafios também, além de muito suor, lutas, lágrimas e dor. Muita dor.

Sempre ouvi falar muito bem desta série, porém não sabia do que realmente se tratava, tanto que acreditava que seria mais uma série adolescente que faria um sucesso estrondoso, mas não teria muito a acrescentar. Vi o trailer do filme que estreará em abril e foi ai que a história me chamou a atenção. Resolvi por fim saber o que Divergente tinha de tão bom.

A história começa com Beatrice e conta um pouco de seu dia-a-dia na facção em que nasceu: Abnegação. Eles podem cortar os cabelos poucas vezes ao ano além de também pouco se olhar no espelho, a vaidade não é algo bem visto. Seu pai é um grande político nessa nova sociedade, porém é um homem muito simples e bondoso, diferente dos políticos que conhecemos.

Beatrice realmente quer ser muito boa, desapegada, humilde, simples como os membros de sua família, facção, mas ela não se sente tão boa assim, ela tem seus desejos, ambições e deseja mais da vida, dar eletricidade, empolgação a ela. E assim ela fará a escolha que mudará a sua vida para sempre.

O começo da história é sempre de explicações, contar sobre todo o universo criado e aqueles que nele habitam, porém não é algo monótono, é bastante interessante. Pra mim, é outro livro que segue um pouco da linha de 1984 de George Orwell onde a sociedade é controlada de uma forma diferente para que os erros do passado não ocorram. Claro que 1984 é realmente uma sociedade oprimida, porém tudo ‘funciona’ e as pessoas são ‘felizes’. E também A Seleção, por ser uma nova sociedade construída depois da nossa sociedade, a que vivemos hoje.Divergent

Gostei muito de todo o enredo, esse novo mundo é algo bem construído e fundamentado e a história realmente prende. Ela desenrola por todo o treinamento de Beatrice, suas descobertas, até mesmo o primeiro romance, porém quando você acha que o livro por fim vai ser encerrado, a autora trás um final bacana, intrigante e que te deixa curiosa para o próximo volume.

Personagens como um todo são legais. Beatrice não é uma menina mimada, pelo contrário e é muito bom ver a sua descoberta e evolução. Outro fator que gosto é a forma que ela vai ficando mais séria diante de todas as dores que sofre, ela cria uma armadura para se defender e aguentar todos os desafios.

Quatro também é um personagem bacana embora não tenha sentido muito dele porque a próprio Beatrice não demonstrou e não mostrou tanto dele para nós, afinal a história é pela visão dela.

Enfim, é um livro bem bacana, de uma história até criativa e você vai se empolgar lendo. A série são 3 livros sendo a continuação Insurgente.

O filme de Divergente estreia dia 18 de abril de 2014 e tem Shailene Woodley como nossa protagonista, Theo James como Quatro e a incrível Kate Winslet como Jeanine Matthews. 

Confira o trailer abaixo e deslumbre essa história:

Anúncios

2 comentários em “Minha Sutil Opinião: Série Divergente – Divergente.

  1. Oi, flor! Vim retribuir o seu carinho lá no meu blog. ❤
    Adorei saber a sua opinião sobre este livro! Menina, acredita que o tenho por aqui há um tempão e ainda não o li?! Como você, até queria conhecê-lo, mas o filme foi que me fez realmente colocá-lo na minha meta literária neste ano. Ao que parece, não me arrependerei da leitura!
    "Gostei muito de todo o enredo, esse novo mundo é algo bem construído e fundamentado e a história realmente prende." —- Essa sua opinião é mais que suficiente para mim, haha.
    Lerei o livro antes da estreia do filme (assim espero!).
    Beijos!!!

    http://www.myqueenside.blogspot.com

    1. Olá Francine!

      Opa, muito feliz de você ter dado uma passadinha aqui e ter lido a resenha de Divergente. Valeu muito a pena ler e espero que você possa conferir antes de ver o filme, que estou muito ansiosa.

      Fico feliz que a minha opinião tenha sido fundamental para sua futura leitura.

      Bjs!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s