Aqueles que Apoiam - Parceiros · Minha Sutil Opinião - Livros.

Minha Sutil Opinião: Rin Tin Tin – A Vida e a Lenda.

Sinceramente nunca pensei em ler um livro praticamente biográfico sobre um cão. E não pelo fato de ser um cão, porque eu amo cachorros, mas por ser um cão tão famoso e eu nem sequer vi algum filme, algum episódio de seu famoso seriado. Mas de nome eu conheço e acredito que muitas pessoas da minha idade ou menos, ao menos tenham ouvido falar dele.

Rin Tin Tin – A vida e a lenda

9788565859066 Rin Tin TinAutora: Susan Orlean

Editora: Valentina

Categoria: Literatura Estrangeira / Biografia

Uma grande pesquisa realizada por uma brava escritora pelo período de 10 anos sobre os relatos de quase 100 anos atrás. A história de um cão que nasceu em 1918 e que virou eterno.

Rin Tin Tin ou Rinty, um lindo filhote de pastor alemão foi encontrado ainda na primeira guerra mundial por um jovem soldado americano. Sobrevivente de um bombardeiro, o cão foi levado aos Estados Unidos, treinado e mais que amado por seu jovem dono, Lee Duncan.

Mas Lee via que aquele cachorro tinha algo de muito especial e não era só o seu jeito tão imponente, sua linda pelagem. Não, mas sua vivacidade, sua obediência e sua coragem. Sendo assim, seu dono o levou para a Califórnia, terra do muito antigo cinema mudo, onde as aptidões do cão foram postas a prova e tão admiradas que chamaram a atenção da hoje gigante Warner Bros.

Rin Tin Tin fez 23 grandes sucessos de bilheteria em um período de 10 anos e embora seu tempo de vida tivesse terminado, a propagação de seu nome e a resistência dele ao longos dos anos estava só começando.

Como mencionei ali em cima, nunca imaginaria ler a história de um cão que é tão conhecido, mas que eu nunca realmente vi atuando em minha vida. Assim como Lassie.

Diferente de cães como Balto, Beethoven, K9(também um pastor alemão) que já são bem mais atuais, que ganharam muito o amor das crianças daquela época, minha época e o atual Marley de Marley e Eu que conquistou e muito o público.

Enfim, foi um presente da Editora Valentina me proporcionar este livro, pois não tinha a ideia de toda a história do cachorro que virou uma verdadeira lenda e de todas as pessoas a sua volta. 

Começamos o livro com a história de seu dono claro, Lee Duncan nasceu nos Estados Unidos e desde pequeno2013-630104303-2013071815743.jpg_20130718 sempre quis ter um animal visto que aqueles que ele possuía, logo não mais poderiam ficar com ele. Era uma época muito difícil, sua mãe até mesmo o deixou alguns anos em um orfanato, pois não podia alimenta-lo e o pai de Lee fora embora quando ele ainda era pequeno. Isso deixou uma marca profunda no garoto.

Quando maior, se alistou no exército e participou da Primeira Guerra Mundial, e foi lá no estrangeiro que encontrou um pequeno cão, sobrevivente de um bombardeiro, mas assim como ele, órfão. Lee se apaixonou por aquela criatura pequena, porém tão incrível e fez de tudo para leva-lo consigo para casa.

Já nos Estados Unidos, Duncan treinou Rinty com muita dedicação e vendo que seu cão tinha um potencial incrível, foi batendo de porta em porta até achar alguém que acreditasse em seu cachorro. Assim, Rinty virou Rin Tin Tin e seu tornou o cão mais célebre existente.

Fez 23 filmes mais uma série para TV muitos anos depois do primeiro Rin Tin Tin, mas com um sucesso equiparado. Foi amado por diversas gerações em mais de 50 anos e ainda hoje é um nome conhecido mesmo que de forma distante.

O livro é de uma história muito interessante onde mescla a história do passado junto com os comentários da autora, a forma que ela conta sobre as visitas que fez as pessoas relacionadas ou as que ainda estavam vivas. É nítido todo o trabalho e a pesquisa minuciosa de Susan quanto ao tema abordado.

Mas, além da linda capa lançada pela Valentina no Brasil, diferente da estrangeira, o que mais me chamou a atenção é que Rin Tin Tin não era um ícone que foi representado por um cachorro, já era um cachorro que virou um ícone. E que, além de sua morte, a morte de seus donos, de seu produtor e de muitos de seus admiradores, seu nome ainda se propaga e propagará por talvez mais 100 anos.

Livro recomendado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s