Coisas de Mim · Coisas que Escrevo

Coisas que Escrevo: Hoje eu parei pra ver o sol…

large

Ler Ouvindo: Aqui.

Hoje eu parei pra ver o sol. Não olhar, ver realmente como a muito não fazia. Ele claro, estava lá, brilhante, quente, sorrindo pra mim. E junto dele veio ela, uma brisa suave que tocou meu rosto, balançou os meus curtos cabelos e me fez sorrir.

Ela tinha cheiro, cheiro de uma manhã bonita, cheiro de que hoje o dia começaria e terminaria mais do que bem. E claro, tudo isso embalado a música que eu ouvia em meus fones de ouvido a muito esquecidos no fundo da bolsa, mas hoje eu resolvi fazer diferente, fiz uma troca. Deixei o meu livro de lado e me pus a ouvir, a cantar e a tentar acompanhar aquela música com meus passinhos vacilantes enquanto me encaminho para mais um longo dia no trabalho.

Mas hoje, ninguém vai me tirar do sério, ninguém vai me magoar, deixar o estresse me dominar. Hoje, eu estou mais do que bem.

Continuo caminhando, olhando para o sol que me preenchia com aquela quentura gostosa que tocava o coração, me fazia suspirar, os olhos a brilhar.

Me deu vontade de estar em um grande filme da Disney, começar a cantar de forma que minhas palavras fossem levadas pelo vento, atingindo as pessoas de forma tão avassaladora que elas também sentiriam os meus sentimentos, elas também sorririam e passariam a cantar e dançar comigo. Todos juntos, passos combinados enquanto tudo se enche de alegria. Oh, que lindo dia não?

Mas logo os passos vão diminuindo ao ponto de praticamente parar, o encanto vai se esvaindo. A música acabara naquele instante e o sol? Não aparecia mais…

Finalmente eu chegara a meu destino e mais um dia realmente começara. A quentura gostosa do sol não mais estava presente. Guardo tudo em minha bolsa e ando em direção a minha velha conhecida mesa. Por fim me sento e logo começo meus afazeres, mas então eu olho, aquele porta retrato, aquela foto que consta nós dois, sorrindo, em um momento tão pessoal, intimo de um mesmo sorriso, compartilhado.

Então, eu sorrio novamente e sem menos esperar, pela abertura ao meu lado ele entra, sem pedir licença me aquecendo novamente, me fazendo ainda mais feliz. Então eu descobri: Não era o sol que me fazia sorrir, mas sim você!

Foto: Ilustrativo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s