Coisas de Mim · Experimente Ouvir - Música · Faz parte do meu show... - Música

Faz parte do meu show…: Metallica by Request.

Está um pouco difícil postar aqui ultimamente porque estou focada em um livro que embora não seja muito grande, é um pouco mais complicado de ler além de também estar ocupada em outras coisas. Enfim, sábado passado tive um dos melhores momentos da minha vida e tinha que vir aqui contar a vocês.

Metallica by Request

1525630_705344289489577_1143839579_n

Local: Estádio do Morumbi

Dia do show: 22/03/2014

Horário Previsto: 21:00

Horário Início: 21:50

Chegamos no estádio do Morumbi por volta das 20:30 e foi muito fácil conseguir entrar no estádio. Compramos os ingressos na arquibancada Inferior B, que é um nível acima da pista, do lado esquerdo do palco, onde há uma pequena parte coberta e são cadeiras numeradas.

Eu geralmente prefiro pista nos shows que vou, mas desta vez como fomos eu, meu noivo, minha tia, meu tio e minha mãe, preferi adquirir os ingressos em um local mais ‘confortável’.

A banda Raven, com mais de 30 anos de carreira e que permitiu há muito tempo atrás que o Metallica abrisse seus shows, foi a banda de abertura dessa turnê aqui no Brasil. Como estava previsto para o começo do show deles ser as 19:20, achei que quando chegássemos o show estaria ao fim, mas não, eram quase 21:00 quando a banda de abertura deixou o palco.

2014_03mar22_pic06

Fiquei temerosa quanto ao tempo visto que durante toda semana foi informado que choveria no sábado. Durante o dia não tivemos sinal de chuva embora o tempo estivesse mais frio, mas ainda sim, prevenidos como somos, já tínhamos garantido nossa capa de chuva.

E não é que ela veio? Começou de leve, uma garoinha, depois parava, depois reaparecia. E por fim, já as 21:40 quando não aguentávamos mais de nervosismo e ansiedade, ela chegou. Aquela chuva fina, fria e que vai te deixar doente.
De capa de chuva, os óculos ficando molhados e dificultando a visão, as 21:50 foi posto um vídeo muito divertindo onde os integrantes da banda estavam navegando na internet, interagindo com os fãs, pedindo opiniões, perguntando sobre as músicas que os fãs mais gostavam de ouvir. Adorei a parte em que o James lê: Toca Lulu no intervalo! Não!

Depois do término do vídeo onde toda a banda aparece dizendo: Agora vocês ouvirão as músicas escolhidas por vocês! Metallica by Request! Logo é transmitida a característica cena do filme de Clint Eastwood onde todos os fãs entoam a música que embala o filme. Por fim, finalmente, FINALMENTE, o Metallica entrou no palco com tudo, explosões e Battery, sua primeira música do setlist escolhido por nós, fãs ali presentes!

1278009_599079066846176_549038537_o

É uma sensação indescritível, ver aquela banda pela qual você deixou o seu estado para assisti-la há apenas 6 meses atrás(Rock in Rio 2011 e também 2013), denovo ali tão pertinho de você, cantando as músicas que você adora, te deixando arrepiado dos pés a cabeça.

Logo a banda embalou sua abertura com Master of Puppets, música longa, mas de letra e solos incríveis. Como é bom novamente ouvir a voz do James, ouvi-lo rir de forma sarcástica enquanto canta. Seguindo o set tivemos ainda Sanitarium, muito cantada pelo público assim como Fuel, que animou demais as 65 mil pessoas que estavam bem molhadas daquela chuva fria, que naquela altura já piorara, mas quem liga?Até o Metallica estavam totalmente encharcados.

Tivemos a lindíssima The Unforgiven, música que esperei ver ao vivo praticamente desde 2010, quando houve o show em São Paulo, mas infelizmente não pude ir. Música que cantei do começo ao fim com o coração emocionado e os olhos marejados. Foi extremamente lindo.

1412498_599076200179796_1939807902_o

Metallica trouxe ainda uma nova música, The Lords of Summer que eu já tinha conferido nos shows passados aqui na América do Sul. Não foi uma música que me agradou muito, ela é na mesma leva do disco Death Magnetic, tem solos incríveis, exigiu bastante do nosso querido baterista Lars, porém a letra e o vocal não foi tão marcante como The Day That Never Comes, por exemplo.

Outro evento legal bem marcante do show foi o James chamar três fãs, cada um anunciando uma música diferente. Primeiramente foi um rapaz de Porto Alegre que anunciou a incrível Sad but True, o próximo foi um rapaz de São Paulo anunciando a maravilhosa Creeping Death e por fim uma moça de Santa Catarina anunciando o cover Whiskey in the Jar.

Já no fim, tivemos também a famosa Enter Sandman que veio logo após a linda Nothing Else Matters, então, para acordar a galera depois dessa música de letra tão forte, nada mais que uma das músicas mais bacanas e modinhas da banda, que levantou e muito a galera, eram 65 mil pessoas cantando muito e pulando. Era uma visão incrível ver toda aquela arquibancada tão animada, pulando muito, felizes como nós.

A música mais votada do dia, embora eu tenha mandando e muitos sms para Ride the Lightning e o James tenha feito uma grande propaganda para The Memory Remains, dizendo que o fato dela ser a menos votada era bullying, a vencedora foi The Day That Never Comes. No fim tivemos a tradicional Seek and Destroy com suas bolas imensas atiradas na pista fazendo um efeito ainda mais bonito, a música que faz você tirar a última energia da sua alma só para vibrar com ela.

1798965_599077956846287_2002801847_o

Ao todo foram duas horas e quinze minutos que pra mim passaram em menos de 30 minutos. Fiquei em pé o tempo todo, me molhei, limpei os óculos infinitas vezes, mas também me diverti demais, cantei praticamente todas as músicas, pulei muito, gritei muito. Olhei pro lado e vi minha tia Maisa tão animada presenciando o melhor show da vida dela, um dos melhores da nossa vida.

Chorei em The Unforgiven, agarrei meu noivo e não parei de abraça-lo em Creeping Death (minha música favorita ao vivo), pulei demais em Enter Sandman e me deleitei incrivelmente, emprestei minhas últimas energias, voz, alegria, vibração a Seek and Destroy.

Apesar da chuva, da falta dos fogos que foram danificados por ela, ver o Metallica em ‘minha casa’, minha cidade, ouvir a linda voz do James nos chamando, nos fazendo vibrar e mil vezes falando São Paulo, não há como pagar isso! Obrigada a banda por novamente fazer eu me sentir tão viva!

1891582_599074423513307_449012548_o

1966318_599074050180011_340201147_o

The São Paulo Metallica’s Family is forever! Searching… Seek and Destroy!

Metallica é James Heatfield (vocal e guitarra base), Lars Ulrich (bateria), Kirk Hammett (guitarra solo) e Robert Trujillo (baixo).

Setlist: Battery

Master of Puppets

Sanitarium

Fuel

The Unforgiven

The Lords of Summer

Wherever I may Roam

Sad but True

Fade to Black

…And Justice for All

One

For Whom the Bell Tolls

Creeping Death

Nothing Else Matters

Enter Sandman

Whiskey in the Jar

The Day That Never Comes

Seek and Destroy

10001415_599330120154404_1812809699_n

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s