Minha Sutil Opinião - Livros.

Minha Sutil Opinião: A Seleção – A Escolha.

Depois de tanto tempo, finalmente chegamos a terceira parte e última parte dessa série que conquistou tantos corações, principalmente daquelas que sonho com o príncipe encantado.

A Escolha

1797359_418084661658517_1375534386_nAutora: Kiera Cass

Editora: Seguinte

Categoria: Literatura Estrangeira / Juvenil / Romance

CUIDADO AO LER, POIS O POST CONTÊM SPOILER!! SE VOCÊ NÃO LEU A SÉRIE PODE ACABAR SABENDO DEMAIS…

A jovem America era a última quando pensavam para ser a nova princesa de Illéa. A própria não queria participar da Seleção e era apaixonada por Aspen, aquele que considerava o amor de sua vida.

Mas, a vida muda muito e Aspen resolve deixa-la para que ela tenha uma vida melhor participando da Seleção. Ela então vai, com o coração ferido e acaba descobrindo no príncipe Maxon um amigo incrível e logo um novo sentimento surge entre eles.

O problema é que Aspen se torna um importante guarda no castelo e ainda jura amor eterno a América enquanto ela acredita que sentimentos fortes estão surgindo para com Maxon, porém o mesmo aparece estar dividindo o coração com América e mais alguém.

Para piorar o rei a odeia e disse claramente que fará tudo para que ela não se torne esposa de seu filho. Agora a jovem América terá que cortar os laços com seu antigo amor, conquistar o povo de Illéa e ter grandes aliados políticos para ser a candidata mais que perfeita.

Porém os questionamentos sobre os sistemas de castas e a revolta dos povos sulistas e nortistas prometem colocar a vida de todos em jogo. Será que teremos um final feliz?

Finalmente chegamos ao fim de A Seleção. Fiquei um pouco ansiosa para saber se América finalmente escolheu e se escolheu certo. No primeiro livro eu estava torcendo bastante para o Maxon, mas depois eu fiquei um pouco dividida e estava pendendo um pouco mais para o Aspen, mas finalmente a resposta chegou, mas não quer dizer que me agradou tanto.

América agora realmente sabe quem ela quer e jura que fará de tudo para conquistar seu grande príncipe. Maxon ainda está um pouco indeciso entre América e outra candidata, pois se sente muito inseguro em relação ao amor.
Enquanto isso A Seleção segue e os ataques ao castelo prosseguem, mas pioram a cada dia ao ponto do próprio povo sofrer com a revolta dos rebeldes.

América então, com sua luta pelo fim das castas é convocada a ajudar um grupo de importantes pessoas que concordam com ela e querem por fim um país livre. Mas a jovem descobrirá que será muito mais difícil do que ela pensava. Ela então tem a missão de lutar por seu amor e ainda lutar por seu país.

A grande surpresa do livro pra mim foi quando eu realmente achei que América poderia se tornar uma heroína. Era o meu grande desejo até o segundo livro, quando acreditei que isso não aconteceria, mas o terceiro livro acabou me dando um pouco de esperança.

Mas no fim eu fiquei um pouco decepcionada. Achei que a autora correu muito com a história e muitos detalhes importantes foram deixados de lado.

Eu definitivamente não entendo América, quando eu acredito que ela finalmente será uma mulher de verdade, comtumblr_my9o9tKRJL1t8ebqgo1_1280 grandes atitudes ela me mostra que ela é uma menina confusa e por vezes muito mimada pelo príncipe.

Não gostei do final entre ela e Aspen e principalmente tudo que ela disse sobre o amor deles, não dando a devida importância a tudo que passaram.

Maxon continuou sendo o príncipe lindo e encantado, porém não mostrou nada além do que já sabíamos e pra mim, o melhor personagem foi Aspen. Corajoso, inteligente, ele cresceu muito na história e se tornará alguém grande e muito feliz. Se eu estivesse lá, com certeza escolheria ele.

Outro ponto bastante triste foram as personagens que faleceram, mas não senti realmente a dor de perde-las, o que foi péssimo, não derramei uma lágrima por elas, diferente de Harry Potter que me acabei de chorar, por exemplo. Fora que ao menos pra mim, ficou confuso sobre essas mortes porque acabei ficando em dúvida quem se foi e quem está vivo.

No geral, me decepcionei bastante, achei que a autora poderia ter fechado a história de outra forma, ou escrito até dois livros, mas terminasse de forma decente e não da forma fácil que foi. Quando conquistado de forma tão fácil, não há a mesma graça e não é dado o mesmo valor. Pra mim foi assim, sem tanta graça e não darei mais tanto valor a A Escolha.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s