Minha Sutil Opinião - Livros.

Minha Sutil Opinião: Chocolate Amargo – Uma Autobiografia

Olá novamente. Ultimamente estou mais rápida nas resenhas porque felizmente estou arrumando um tempinho livre para os livros e para postar aqui.

A resenha anterior foi as lições de um famoso chefe para aqueles que querem seguir esta carreira, já a história de hoje é sobre um homem que muitos não gostariam de trabalhar pelo seu humor incrivelmente estourado, mas que conquistou muitos fãs ao redor do mundo.

Chocolate Amargo

chocolate-amargo-gordon-ramsay-8576843250_300x300-PU6eba0365_1Autor: Gordon Ramsay

Editora: Best Seller

Categoria: Biografia, Literatura Estrangeira, Gastronomia

Pra quem conhece o chef Gordon Ramsay por seu temperamento estourado, por ser extremamente perfeccionista e que não ter medo de enfrentar as pessoas, não sabe tudo que ele passou em sua vida.

Da pobreza na cidade de Glasgow na Escócia até o estrelado na Europa, Estados Unidos e agora grande parte do mundo, foi um caminho muito longo e duro.

De uma infância difícil sofrendo com seus irmãos e sua mãe a violência de um pai descontrolado. Da curta temporada no futebol, um sonho que infelizmente não se tornou realidade, do mundo na cozinha, das temporadas dos pequenos até os grandes restaurantes, o pouco salário, do muito trabalho, das poucas horas de sono, das muitas dificuldades, mas dos grandes aprendizados.

Neste livro, o próprio chef narra, de sua forma bem peculiar e desbocada, a forma que foi sua vida, até o lançamento do livro, em 2006. De lá pra cá podemos acompanha-lo na televisão e ver tudo o que conseguiu conquistar, e felizmente ele conquistou o mundo.

u conheci o chef Ramsay há uns anos justamente na primeira temporada do Hell’s Kitchen americano e me chamou a atenção aquele chef de cozinha que parecia ser tão bom no que fazia, mas extremamente duro com aqueles que estavam em sua cozinha, xingando os, humilhando os, vendo pessoas estourando com ele, chamando o de cretino e outras coisas bem piores.

1108382

Mas, embora tudo aquilo fosse de uma tensão palpável, dificilmente as pessoas não gostavam de Ramsay, porque ele era muito duro, mas sabia reconhecer quando as pessoas faziam o certo e elas ficavam muito satisfeitas, afinal ele estava fazendo tudo aquilo também para que elas aprendessem.

Continuei acompanhando outras temporadas do programa, também o Kitchen Nightmares onde o chef vai a restaurantes a beira da falência e tenta salva-los de alguma forma, conseguindo na maioria das vezes, com seu olhar perspicaz, sua experiência no ramo.

E assim que terminei as Cartas a um Jovem Chef, meu noivo comprou a biografia de Ramsay e fiquei muito ansiosa para saber como ele se tornara a pessoa que é e fiquei surpresa com tudo que vi.

Gordon não teve uma vida nada fácil, seu pai era muito violento e batia muito em sua mãe, chegando ao ponto de quase matá-la. Suas irmãs também tiveram problemas e seu irmão se tornou um viciado em heroína.

Sua família era cheia de problemas e tudo isso somado a uma grande pobreza, mas ainda sim o jovem persistiu naquilo que queria, mesmo que seu terrível pai não o apoiasse. Tentou a carreira no futebol e quando estava muito perto de conquistar, infelizmente por um problema de saúde, sua curta carreira chegara ao fim, mas ali estava a cozinha, para ajudá-lo a seguir em frente.

Foram anos de muito trabalho onde ele fora sacaneado várias vezes, onde trabalhava muito mais do que recebia, dormia no próprio restaurante para não perder a hora, e viajara o mundo cozinhando pelo conhecimento, sem ganhar um dólar que fosse.

O que eu mais gostei dessa autobiografia é justamente por ser ele mesmo que conta tudo, do seu jeito real, desmedido, sem que alguém de fora tivesse que fazê-lo. Foi a realidade nua e crua de quem realmente passou por tudo aquilo. Ali eu descobri que seu jeito duro não tem nada a ver com seu caráter, por mais que ele seja bem ríspido com as pessoas, seu coração é grande e ele está fazendo aquilo justamente para o bem e que tudo que conquistou até o momento, foi com trabalho muito duro.

É um exemplo de que todos podemos ser o que desejamos desde que trabalhemos muito para isto.

O livro é bem escrito, nos apresenta uma sensação como se estivéssemos sentados em um restaurante escutando o contar sobre sua vida.

Destaque para o capítulo de que ele conta sobre seu irmão e seu forte vício em heróina, achei muito chocante, interessante e a forma de que o chef fizera de tudo para salva-lo e o quanto ele mostra que tem sim um bom curacao.

O livro é para os fãs do chef e para aqueles que gostam da celebridade Gordon Ramsay, além de ser uma incrível história de vida.

No próximo post, choraremos mais de um litro de lágrimas. 😦

Até mais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s