Minha Sutil Opinião - Livros.

Minha Sutil Opinião: Série Ecos da Morte – Ecos da Morte.

Olá queridos.

Eu sei que o ano começou faz tempo, mas finalmente eu voltei a minha antiga disposição para com os livros! Estou lendo um livro atrás do outro e praticamente levando bem menos tempo para finaliza-los. Ou seja, mais e mais resenhas!

O livro de hoje é o primeiro de uma série e logo logo o próximo também dará as caras por aqui. Uma história adolescente bem bacana pra quem quer passar o tempo.

Ecos da Morte

Capa_EcosDaMorte_WEB-1Autora: Kimberly Derting

Editora: Intrinseca

Categoria: Literatura Estrangeira/ Romance/ Suspense/ Infanto-Juvenil/ Ficção

Violet Ambrose poderia ser uma adolescente qualquer. Ter sua vida simples, sua rotina de ir a escola, participar de eventos do colégio e sair com as amigas. Porém ela tem um dom que a torna especial, diferente de qualquer outra pessoa. Ela pode sentir os ecos da morte. Não só ouvir, mais sentir cheiros, texturas, sabores.

Desde pequena ela podia sentir todos aqueles que partiam, primeiramente pequenos animais da floresta como esquilos, pássaros, mas quando em uma caminhada com seu pai ela acabara sentindo um eco tão forte que seguindo o descobriu o corpo de uma menina, assassinada.

Os anos passaram e felizmente Violet não teve nenhuma experiência parecida com que vivenciou com aquela pobre garota, que era tão criança quanto ela naquela época. Enfim, sua vida seguia normal, a não ser pelo amor tímido e secreto que tinha por seu melhor amigo, Jay Heaton, que tirava seu sono.

Um dia Violet novamente escuta aquele eco tão forte e profundo que parecia puxa-la para ver o que estava acontecendo, e foi assim que um novo corpo fora encontrado. Mais uma garota assassinada.

A partir de então um serial killer está a solto e o dom de Violet parece estar tão presente como nunca, encontrando uma a uma as vítimas do perigoso homem. Mal sabe a jovem que ao se aproximar dos ecos das pobres garotas estará chegando cada vez mais perto do assassino, e ele dela.

Temos como principal a jovem Violet, uma adolescente estudiosa e comum que vive em uma pequena cidade rodeada por florestas. Está desde pequena em contato com a natureza e sempre fazendo trilhas pela floresta muito próxima a sua casa. Os ecos da morte sempre estiveram presentes em sua vida, mas não tão significante quando ainda era tão pequena e em uma de suas andanças com seu pai, encontrara o corpo de uma pobre garota.

Passados os anos Violet nunca se sentira como daquela forma, até que a primeira jovem é assassinada e ela ter que reviver aquelas sensações ruins que lhe causam dor e pesadelos. As coisas seriam bem insuportáveis se não fosse Jay, seu melhor amigo desde a infância, que conhece seu dom e é seu amor platônico, já que a jovem acredita que adicionar amor aquele relacionamento estragaria o que já sentem um pelo outro.

Quando novas meninas são encontradas, Violet decide tentar descobrir quem é o responsável por tudo isso até que o assassino também passa a se interessar muito por ela.

Comprei os dois primeiros livros da série faz um tempo bem considerável porém outros livros foram entrando na frente até que por fim decidir começar a série. Não tive tantas expectativas quanto a história porém com toda essa questão de serial killer deu um ar de suspense que chama muito a atenção, e foi o que me chamou atenção.

Violet é uma garota simples, porém é a típica protagonista de histórias adolescentes. Ela não tem o estereótipo de beleza porém ainda sim se mantem bonita, tem amigas legais que a apoiam mesmo não sabendo de seu dom e tem o melhor amigo, que na verdade é ‘o gatinho’ da escola. Jay cresceu e se tornou o garoto que todas as meninas desejam, principalmente as populares, e Violet não ficaria fora dessa.

Todo o desenrolar é bem calmo, tranquilo e ainda sim emocionante. O assassino aparece nas páginas do livro diversas vezes e podemos ve a forma que caça suas vítimas e os seus sentimentos em relação a elas. Foi o que eu mais gostei, a autora deu um toque todo especial adicionando a visão do assassino na história.

Do outro lado temos o cotidiano da jovem, suas aulas, seus momentos com a família, mas tudo que
realmente aguça o interesse é em relação aos assassinatos e ao seu dia-a-dia com Jay, embora o momento dos dois, pra mim, foi um tanto clichê e muito previsível, era algo natural de acontecer, mas quanto aos crimes, a forma que a jovem encontrava as garotas era o que dava toda a graça.

Achei a maioria das personagens fundamentais porém nada além do esperado e infelizmente Jay não me cativou o tanto que achei que o faria. O final também poderia ter sido muito melhor, mas ficou como aceitável.

Ainda não li a continuação porém Ecos da Morte tem uma conclusão do caso, provavelmente teremos uma nova história em sua sequência, Desejo dos Mortos. No total a série possui quatro livros e o terceiro e quarto não chegaram ainda ao Brasil (The Last Echo, Dead Silence).

A próxima resenha será de uma autobiografia de uma história que virou filme e emocionou muitas pessoas, inclusive eu. Chris Kyle vem ai.

Até mais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s